Continuando a série “Olimpíada caipira” – Danielle Zangrando

Continuando a série “Olimpíada caipira” – Danielle Zangrando

A 83.ª edição dos Jogos Abertos do Interior, na cidade de Marília, está “turbinada” pela participação de diversos atletas e ex-atletas que defenderam o Brasil em Jogos Olímpicos, mundiais e Pan-Americanos, neste ano, competem misturados aos mais de 15 mil atletas de 206 municípios.

A assessoria de imprensa dos Jogos entrevistou Danielle Zangrando.

Com apenas 16 anos, Danielle ganhou o bronze nos Jogos Pan-Americanos de Mar del Plata 1995, e se tornou no mesmo ano a primeira brasileira a medalhar no Mundial de Judô adulto com um bronze.
Foi bronze no Pan Americano de Winnipeg 1999.
Foi medalha de ouro no Pan do Rio de Janeiro em 2007. Se aposentou em 2010, pouco após o nascimento de sua filha Lara.
Danielle é formada em direito pela Universidade Metropolitana de Santos, e jornalismo pela Universidade Santa Cecília. Atuou como repórter esportiva pela TV Tribuna, e comentarista de judô pela Rede Globo e ESPN Brasil. Casada com Rogério Sampaio, e hoje Diretora Técnica da Fundação Pro Esportes de Santos.

Danielle Zangrando agradeceu o acolhimento e carinho de toda organização do Jogos a delegação Santos. “Que alegria imensa estar aqui hoje em Marília nos Jogos Abertos. Obrigada pela recepção, acolhimento e carinho. Está sendo uma experiência maravilhosa”.

O secretário Eduardo Nascimento destacou a satisfação em receber a Delegação de Santos e a sempre atleta/campeã Danielle Zangrando. “Estamos todos muito honrados em recepcionar uma das melhores judocas do mundo aqui na nossa cidade”.

Santos está participando com 517 atletas em 44 modalidades, sendo 288 integrantes de competições masculinas e 229 em femininas.

A equipe santista ficará alojada nas escolas estaduais Prof. Amilcare Mattei (feminino) e Bento de Abreu Sampaio Vidal (masculino).