Marília faz dobradinha nas semifinais do Vôlei nos Jogos Abertos

Marília faz dobradinha nas semifinais do Vôlei nos Jogos Abertos

Partidas decisivas acontecem hoje, quinta-feira, as 17h e às 19h, no ginásio do Yara Clube

Há dois dias do encerramento da 83ª edição dos Jogos Abertos do Interior, as equipes de vôlei de quadra (feminino e masculino) da cidade sede da competição seguem na busca por suas melhores performances e lugares ao pódio.

A equipe masculina (categoria até 20 anos), comandada pelo professor Iurandi Lima Costa, 52, entra em quadra às 17h, contra a forte equipe de Taquarituba. Marília tem consciência do alto nível técnico da adversária mas, segundo o seu técnico os atletas estão muito focados.

“Hoje teremos uma semifinal duríssima contra uma grande e forte equipe que é Taquarituba, aliás uma das favoritas ao título. Mas, já conversei com os meninos e a ordem é para manterem-se focados, já que a partida de hoje vale medalha. Se vencermos vamos para a final, o que pode nos garantir ao menos a [medalha] prata. Eu acredito que será uma grande partida, digna de uma final. As equipes irão se digladiar ponto a ponto e vai ser um momento favorável para o vôlei nos Jogos Abertos”, destacou Iurandi.

A classificação para a semifinal da equipe masculina de vôlei de Marília no entanto, só foi confirmada na manhã desta quinta-feira, após o julgamento por parte do Comitê Dirigente dos Jogos de um recurso impetrado pela equipe da casa contra Fernandópolis (adversária no jogo de ontem). De acordo com o técnico mariliense, após o término da partida cujo placar foi de 2 sets a 1 para Fernandópolis, eles tiveram o conhecimento de que a equipe entrou em quadra com um jogador irregular. Juntadas todas as provas, o Comitê Dirigente foi acionado e diante do apurado, Marília conquistou o direito de disputar a semifinal.

“Ao contrário do que muitos pensam, a gente ficou muito triste com esta situação. É muito ruim para o esporte saber que algumas pessoas ainda tentam burlar regras e tirar vantagens para vencer. Nós que somos apaixonados pelo esporte e estamos sempre em busca de uma evolução, nos decepcionamos bastante. É de fato muito triste”, ponderou o técnico de Marília.

EQUIPE FEMININA VAI EM BUSCA DE VAGA PARA A FINAL

Após vencer as equipes de Tietê na fase de classificação e Iperó nas quartas de finais (ocorrida na tarde de ontem) pelo placar de 2 x 0, o time feminino de Marília segue firme em seu propósito na busca por uma vaga na final da modalidade.

Hoje, o confronto será contra Fernandópolis, a partir das 19h, também no Ginásio do Yara Clube.

 “Estamos ansiosas com a partida porque sabemos o volume de jogo e a qualidade das nossas adversárias. Mas, entraremos com tranquilidade em quadra, para colocarmos em prática tudo o que treinamos e desenvolvemos a cada jogo. Temos consciência do potencial de cada equipe que aqui está. Porém, não estamos nem a frente ou atrás de nenhuma delas. E, o jogo só se ganha jogando, assim como o resultado é consequência de quem erra menos. Estamos confiantes e daremos o nosso melhor”, disse Eliane Silva Pires, 45, a técnica “Eli”, da equipe feminina de vôlei de Marília.