Modalidade extra, skate também está presente nos Jogos Abertos

Modalidade extra, skate também está presente nos Jogos Abertos


A partir de 2020, nas Olimpíadas de Tóquio, no Japão, o skate será um esporte olímpico nas categorias park e street. E nos Jogos Abertos do Interior de Marília a famosa prática urbana também está presente como modalidade extra, que não contabiliza pontos para a classificação oficial, mas com premiação para os primeiros colocados.
Na modalidade street, as disputas do skate masculino acontecerão hoje (21), a partir das 19 horas, no Poliesportivo Octávio Prado Barreto. Já as baterias do feminino serão realizadas amanhã (22), às 10 horas, no mesmo local. Os atletas Elisson Ferraz, campeão dos Jogos Regionais em Oswaldo Cruz e 3º lugar nos Jogos Abertos de São Caetano do Sul, e Renan Araújo, campeão do Best Trick Converse, abrilhantam o evento.
Com narração de Juruna e avaliações dos juízes e skater’s profissionais Léo Spanghero e José Martins (Zezinho), as notas serão avaliadas por estilo, dificuldade de manobras, precisão na execução, constância, criatividade, utilização da pista, número e variedade dos chamados “tricks”.
De acordo com o skatista Guilherme G. dos Santos, que também é o organizador do evento, para inscrever-se e participar das provas, os skatistas – que devem ter até 25 anos – precisam estar no poliesportivo 30 minutos antes do início da competição.
As baterias serão realizadas em um um espaço de 20m x 40m, com alguns obstáculos, como quarter, 45, delta, palco de manual, corrimão, solo, hubba, euro gap e sequência de bancos.
Vale lembrar que a pista do poliesportivo Tatá, como é popularmente conhecido, foi inaugurada em abril deste ano pela Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Esportes Lazer e Juventude.